Meio ambiente, saneamento e coleta de lixo

Contratações

Há mais de uma década que a coleta de lixo vem sendo feita mediante a contratação emergencial, fato que caracteriza desvio administrativo grave e que precisa ser corrigido. Não se pode imaginar que o Distrito Federal, dispondo de toda a organização administrativa que o caracteriza e a verba de que dispõe, se utilize de contratação emergencial por tanto tempo.

Observe-se que as contratações emergenciais realizadas não resultaram na pretendida coleta seletiva e na adequada gestão de resíduos sólidos. Portanto, a atual gestão terceirizada não tem assegurado resultados eficazes.

Há de se dividir o serviço em lotes o que permitirá uma gestão comparativa entre as empresas contratadas e induzirá a implantação de novos aterros reduzindo os gastos com transporte de lixo por longas distâncias.


Recuperação de Bacias hidrográficas

As recentes manifestações oficiais quanto ao uso de água dos mananciais do Lago Paranoá nos remetem à tardia preocupação com a recuperação e manutenção dos já escassos mananciais de água do Distrito Federal.

Se faz urgente o controle de ocupação irregular de áreas próximas aos mananciais, bem como a continuidade do Programa Brasília Sustentável, com vistas à recuperação das bacias hidrográficas do Rio Paranoá e do Rio Descoberto e sua ampliação às bacias do Rio Preto, São Bartolomeu, São Marcos e Corumbá, por intermédio da contenção dos processos erosivos e recuperação das matas ciliares.